sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Memória de Frei Tito

No aniversário da morte de Frei Tito, Acrísio Sena luta pelo tombamento da casa do religioso 

O mandato do vereador Acrísio  Sena (PT), esteve presente ontem, 10 de agosto, na atividade em alusão ao dia da morte do cearense Frei Tito, assassinado pela ditadura militar nesta data, em 1974. O Governo do Estado, por  meio do Grupo de Trabalho Memória e Verdade e da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas dos Direitos Humanos do Gabinete do Governador,  realizará este mês várias atividades em homenagem ao religioso. Na ocasião, foi lida uma carta aberta para que os parlamentares municipais e estaduais se sensibilizem em ajudar na desapropriação e no tombamento da casa que pertenceu à família de Frei Tito, para que se torne um local de visitação e resgate da memória e da história do Frei, que lutou pela democracia no Brasil. 
O vereador Acrísio Sena, que é historiador, falou da necessidade que o município tem em manter e preservar os bens históricos da cidade. "A casa de Frei Tito, que representa parte da história local, além de trazer memórias das pessoas que lá viveram e eternizaram um período de lutas é também espaço de alegria, pois representa a materialização da nossa identidade cultural coletiva", explicou. 
Para o parlamentar, o tombamento definitivo da casa de Frei Tito "tata-se de um resgate histórico, insubstituível e único, para nosso município". Acrísio Sena lembrou que, em 2011, a prefeita Luizianne Lins assinou o documento que decretava o tombamento do imóvel. Porém, de lá cá, o processo não teve avanços e a casa continua na lista dos bens tombados provisoriamente, fazendo com que o imóvel fique abandonado e deteriorado. 
Ele salienta ainda que se faz urgente o tombamento definitivo "pela memória, pela história e principalmente pela representatividade que a casa tem para a população fortalezense".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mataram o chefe do bando na Catalunha

Oficial. Polícia catalã abate principal suspeito do ataque nas Ramblas Este é o suspeito do ataque nas Ramblas, Younes Abouyaaqoub ...